Parceria em rede colaborativa


Assumimos o compromisso de desenvolver o mercado fortalecendo a visão de sustentabilidade no jeito de fazer negócios. Esse trabalho começa com o engajamento dos nossos fornecedores, logo no início da cadeia de valor. São cerca de cinco mil parceiros que, direta ou indiretamente, participam de iniciativas para viabilizar e promover a troca de conhecimento sobre o tema. Uma dessas iniciativas é o Programas de Avaliação e Desenvolvimento de Fornecedores (PADF). Com o PADF, presente em nossa rotina desde 1997, as empresas parceiras são avaliadas sobre aspectos que dizem respeito ao negócio, e sustentabilidade é um fator importante para a composição da nota final. Nessa iniciativa, elas recebem orientações especializadas e direcionadas sobre como evoluir em indicadores, especialmente aqueles avaliados com baixa pontuação, de acordo com nossos indicadores. Por outro lado, os fornecedores com os melhores desempenho e consistência histórica de atuação nos temas são reconhecidos pelo Grupo Boticário no Prêmio Destaque em Sustentabilidade. Em 2016, os escolhidos foram:

 

Basf

Considerada uma das empresas líderes na indústria química, presente em mais de 90 países e com mais de 110 mil colaboradores em todo o mundo. Atua há mais de 150 anos apresentando soluções tecnológicas e sustentáveis, que nos ajudam a possibilitar e melhorar o que fazemos através da transformação da química.

 

Symrise

Reconhecida como uma das grandes empresas mundiais no mercado de fragrâncias, sabores, ingredientes ativos e produtos químicos aromáticos. Combina conhecimento das necessidades dos consumidores com criatividade, excelência e sustentabilidade.

 

Transportadora FEDEX

Parceira do Grupo Boticário desde 2001, realiza entregas nas regiões Nordeste e Centro Oeste. Com 47 filiais e mais de 3.000 motoristas. Em 2016 realizou mais de 215 mil entregas em nossas centrais de serviço, representantes e franqueados.

 

Programa de Parceiria em Ecoeficiência

Desde 2015, engajamos os nossos parceiros para a implementação de projetos que busquem a redução do consumo de água, energia, emissões de gases de efeito estufa e a geração de resíduos em suas operações. Prestamos consultoria técnica gratuita para fornecedores e nossa equipe de engenharia e sustentabilidade identifica pontos de melhorias em ecoeficiência. O único pedido é que, em contrapartida, os fornecedores se comprometam a executar os planos parcialmente u integralmente e fazer um acompanhamento trimestral.

Empresas que participam do programa de parceria em ecoeficiência:

Box print, Wheaton, Leclair, Faber castell, são carlos, Faber castell prata, C-pack, Aptar Cajamar, Aptar Maringá, Antilhas e Impacta As iniciativas estabelecidas junto aos fornecedores trouxeram credibilidade e reconhecimento do mercado. Em 2016, nossa organização foi convidada para ser painelista do fórum sobre compras sustentáveis promovido pela Organização das Nações Unidas, em Cancún, no México. O Grupo Boticário também marcou presença em outro evento relevante, o II Global Forum on Sustainable Procurement, no Rio de Janeiro (RJ), que abordou de forma prática a aplicação das diretrizes da ISO 20.400, norma estabelecida em 2016 para orientar a indústria a fazer compras mais sustentáveis. A participação nesses dois encontros demonstra nossa atitude em dar visibilidade e colocar a sustentabilidade como um assunto cada vez mais próximo das pessoas, empresas e entidades.

Sala de Aula

Quem trabalha na área de suprimentos sabe que as negociações devem ser baseadas em prazo, qualidade e preço. Mas, aqui no Grupo Boticário, como já demonstramos, existe uma quarta variável: a sustentabilidade. Em 2016, fortalecemos essa visão ao incluirmos um módulo específico sobre o assunto no MBA de Suprimentos, curso in company desenvolvido em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foram capacitados 90 colaboradores que avaliaram de forma muito positiva o conteúdo apresentado (registramos 94% de satisfação).

Sustentabilidade Sobre Rodas

 

 

É na malha rodoviária que está uma das nossas grandes preocupações, pois os caminhões emitem quantidades significativas de gases de efeito estufa.

Pensando em minimizar isso, monitoramos, desde 2009, as emissões das frotas utilizadas em nossa cadeia logística. Identificamos oportunidades de melhorias e, claro, colocamos a mão na massa e passamos a usar o kit bicombustível. Com uma adaptação de motor, os veículos do grupo passaram a funcionar também com gás natural, opção menos prejudicial ao meio ambiente, diminuindo a necessidade de utilizar o diesel como combustível.

O projeto-piloto foi aplicado em 2015 e a ideia ganhou escala no ano passado, trazendo resultados superpositivos. Ainda na frota das transportadoras, além da otimização das rotas e percursos, identificamos que um reaproveitamento de espaço nas caçambas poderia diminuir a necessidade de horas a mais na estrada. Dito e feito: com o aproveitamento vertical a carga, otimizamos 45% do espaço que antes circulava vazio pelas estradas. Essas e outras práticas contribuíram para a redução em 19,6% da emissão de gases de efeito estufa nas frotas em 2016, com relação a 2015.