Hora das Mulheres e dos Homens também

 

Aqui no Grupo Boticário, a gente enxerga o empoderamento das mulheres como um dos caminhos para o equilíbrio entre os gêneros e, por isso, somos signatários do Women Empowerment Principles (Princípios de Empoderamento das Mulheres, em português), promovido pela ONU Mulheres. Com ações que atendem a sete princípios universais, queremos influenciar positivamente a sociedade para a promoção da equidade de gênero.

Cientes da importância de colocar esses princípios em prática numa sociedade carente de equidade, incentivamos uma forte rede de trabalho. Com a ONU Mulheres, o portal Papo de Homem e outros parceiros, realizamos em 2016 um estudo sobre como os homens podem participar do diálogo e das ações em prol da equidade de gênero. Ao ouvirmos mais de 20 mil pessoas em todo o Brasil e de diferentes classes sociais, queríamos entender a fundo o papel do homem na sociedade e como ele percebe a influência das questões de gênero.

Essa iniciativa deu origem ao documentário “Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela equidade de gênero”. Com narração dos atores Leandra Leal e Caco Ciocler, o material apresenta entrevistas e depoimentos de estudiosos, especialistas e cidadãos sobre os estereótipos presentes na sociedade e como eles impedem a igualdade de gênero. É um convite para um novo olhar sobre o machismo e mais diálogo entre homens e mulheres sobre os padrões culturais impostos.

Antes de ser lançado no YouTube da ONU Mulheres, nossos colaboradores conheceram o material em sessões de pré-estreia especiais em todas as cidades. Afinal, sabemos que nossos 8 mil colaboradores também podem influenciar positivamente a sociedade sobre esse tema.

 

 

Resultados da pesquisa:
  • 45% gostariam de se expressar de modo menos duro ou agressivo, mas não sabem como.
  • 66,5% dos homens não falam com amigos sobre medos e sentimentos.
  • 77% dos homens se preocupam com a aparência, mas não falam sobre isso.
Conheça os princípios de empoderamento das mulheres:
  1. Estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre gêneros.
  2. Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação.
  3. Assegurar a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras.
  4. Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres.
  5. Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres.
  6. Promover a igualdade através de iniciativas comunitárias e de defesa.
  7. Medir e publicar relatórios dos progressos para alcançar a igualdade entre gêneros.