Temos um compromisso com a natureza

 

Desde 1990, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza promove e realiza ações de conservação da natureza em todo o país. Começou com o apoio a iniciativas de outras instituições e, passados 26 anos, somos uma das principais financiadoras de projetos ambientais do Brasil e contribuímos para que mais de 140 novas espécies fossem descritas graças ao trabalho de pesquisadores voluntários. Encerramos 2016 acumulando 1.510 iniciativas apoiadas e 496 Unidades de Conservação beneficiadas.

O ano passado foi um período significativo de reconhecimento nacional e internacional do trabalho da Fundação. Participamos do Congresso Mundial de Conservação, evento organizado pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) e considerado o maior do gênero no mundo; + de 10 mil pessoas participaram da última edição, no Havaí. Levamos até lá os projetos realizados no Brasil e apoiamos duas propostas de políticas públicas relacionadas à proteção da biodiversidade. Uma delas é para a regulamentação da profissão de guarda-parque no Brasil e a outra para garantir mais recursos à pesquisa científica em conservação no país.

Também carimbamos nosso passaporte em Marrakech, Marrocos, onde aconteceu a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC). Fomos convidados para apresentar nossa agenda de trabalho sobre o tema e falar da nossa participação no Plano Nacional de Adaptação às Mudanças Climáticas (PNA). Contribuímos ao PNA com o estudo Adaptação Baseada em Ecossistemas (AbE): oportunidades para políticas públicas em mudanças climáticas, feito em parceria com o Observatório do Clima – rede de ONGs que atuam na agenda climática brasileira.

No México, marcamos presença na COP13 ao lado de ministros de Estado e + de 6 mil representantes dos setores públicos e privados para definir os próximos passos para conservação de ecossistemas e animais no planeta.

 O diálogo está aberto

Para deixar a biodiversidade e as mudanças climáticas na agenda dos canais de comunicação do país, estruturamos uma Rede de Especialistas em Conservação. A iniciativa foi apresentada no Congresso Mundial de Conservação 2016, no Havaí, e conta com 57 profissionais de referência nacional e internacional que ficam à disposição da imprensa nacional para compartilhar estudos, projetos e posicionamentos em defesa da conservação da natureza brasileira. Não basta falar que o assunto é importante, é preciso promovê-lo com porta-vozes de peso.